Eventos

25 de FEVEREIRO DE 2021

Webinar discute a importância da reforma do Ensino Médio para o futuro do país

Quarta mesa com especialistas debateu a atuação do Congresso e os desafios de preparar a juventude para o ensino superior e para a vida profissional

No dia 25 de fevereiro, a Frente Parlamentar Mista de Educação (FPME), em parceria com a Associação Nacional de Educação Básica Híbrida (ANEBHI), promoveu o webinar, de um ciclo de debates, com o tema “Ensino médio e educação profissional”. Com a participação do doutor em educação, Fernando L. Prado; o mestre em educação, Almerio M. Araújo; e o deputado Israel Batista, sob coordenação de Ricardo Henriques, a quarta mesa debateu a atuação do Congresso no apoio à educação básica. 

O debate trouxe à mesa de discussão como a reforma do Ensino Médio, aliado ao Ensino Híbrido na Educação Profissional e Tecnológica (EPT), pode atrair o interesse da juventude brasileira. 

Segundo Ricardo Henriques há no país 1,9 milhão de estudantes matriculados na EPT, porém são necessárias ações para prover a oferta de cursos técnicos aos estudantes no ciclo do ensino médio e, para ele, a reforma do Ensino Médio abre caminhos para uma educação mais inclusiva. 

A necessidade de políticas públicas de financiamento da formação técnica, pauta defendida por Fernando Prado, é primordial, uma vez que as escolas não oferecem a EPT por falta de financiamento adequado e o aluno, por sua vez, não tem condições de se autofinanciar. 

Para Almério Melquíades de Araújo, Coordenador do Ensino Médio e Técnico do Centro Paula Souza, é preciso triplicar a oferta de EPT e a reforma do Ensino Médio abre uma janela de oportunidades para a Educação Profissional. 

Já o deputado Israel Batista defende que a evolução da Rede Técnica Federal pode ser o caminho para o desenvolvimento da EPT no Brasil. Ele salientou, também, que a prioridade da Frente Parlamentar é o Sistema Nacional de Educação e que o Congresso avança na agenda pela fragilidade do MEC, que não tem um plano desenvolvimento do Brasil que considere a educação como prioridade. 

Ao final, a presidente da ANEBHI, Maria Inês Fini, ressaltou que a entidade fará uma Proposta de Supletivo Profissionalizante a ser apresentada como Projeto de Lei para a Frente Parlamentar Mista de Educação.

Assista ao webinar completo:
Ciclo de Debates: Ensino Médio e Educação Profissional (YouTube)

Termos de uso e política de privacidade